Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 14 de outubro de 2008

a lua de joana.....


ca em casa ha um livro que de entre muitos se destaca"a lua de joana",um livro comprado na altura para a minha filha mais velha na altura com 12 ou 13 anos,livro que li de uma vez numa noite insone,em que cheguei ao fim lavada em lagrimas,livro esse que passou para a outra filha,livro que fui dando a ler a sobrinhos e amigos das minhas filhas,livro que vai agora passar para o meu filhote,pois entrou este ano no ensino secundario,livro escrito para adolecenstes e pais,livro escrito por Maria Teresa Maia Gonzalez.e conta a revolta de Joana,que perdeu a melhor amiga para a droga....mas em ele tambem acaba enredada nas suas malhas tambem...

este livro de leitura obrigatoria ca em casa,e que ja reli varias vezes,pois penso que e preciso tomar consciencia do problema da droga,flagelo que teima em nao deixar adolescentes em paz,e que por mais que sejam conhecidos os efeitos ,cada vez ha mais jovens envolvidos nela...

a droga continua a assustar-me cada vez mais,vejo o meu filho crescer e confesso tenho algum receio do futuro....


"......."Desapertou a correia do relógio e pousou-o devagar sobre a mesinha. Agora, tinha todo o tempo do mundo. Para quê?.............."

3 comentários:

COZINHAR COM OS ANJOS disse...

Já li e reli este livro à uns bons anos atràz:)Beijinhos

Nela disse...

Luciana tens razão, cada vez mais vivemos com a palavra..e se acontece..acho que todas as mães o temem mesmo,também já li,..a lua de Joana.. e o tenho cá em casa, minha filha também o leu, ainda bem pequena.Mas sabes eu sempre entreguei nas mãos de Deus, tudo referente aos filhos, e a verdade não me tenho dado mal.Eu tenho a Viaguem ao Mundo da Droga, já o li ainda bem novinha, era de meu irmão mais velho, que sempre adorou ler.Eu como sempre adorei tb.mais tarde tive que o comprar, não sei se já o leste, mas é tudo verdade o que lá vem, faz chorar, é um mundo tão mau, para quem entra e depois não tem força para saír, mas pensando sempre que conseguem, que só vão saborear.É triste, tenho muita pena dos jovens que o fazem.Amiga, tenta conversar, tenta fazer ver que por vezes os amigos estão errados, que nós somos os seus verdadeiros amigos, que confiem em nós país, e não tenhas medo.Deus é Pai.Beijitos fica bem.

Rivera disse...

Esse é também um dos meus livros favoritos!
Hoje tenho 28 anos e li-o no inicio da minha adolescencia e adorei-o! A minha irmã mais velha é que o tinha e eu li o dela, mas gostei tanto que vários anos mais tarde comprei um exemplar para mim.

Penso que dar este livro a um adolescente para ele ler passa muito melhor a mensagem da droga do que qualquer conversa que possamos ter com eles.
É realmente uma obra admirável!

Achei graça à frase que colocaste porque essa é uma frase que nunca esqueci.

Ocorreu um erro neste dispositivo