Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Cisnes Selvagens...


"...com quinze anos de idade,a minha avo tornou-se cocubina de um caudilho militar,o general chefe da policia de um vago governo militar...corria o ano de 1924 e aChina estava mergulhada num caos....
...De acordo com o costume.o meu bisavo casou cedo,aos catorze anos com uma mulher mais velha seis anos.Considerava-se que uma das obrigaçoes da esposa era acabar de criar o marido.
.....A historia da nulher de Yang,minha bisavo,era igual a de ,milhoes de mulheres chinesas daquele tempo.Vinha de uma familia de curtidores.....
a minha avo era uma beldade.Tinha uma forma oval,com faces rosadas e pele sedosa.Usava cabelos negros,compridos e muito brilhantes entrecicidos numa grossa trança,que lhe caia ate a cintura....

o seu grande valor residia porem,nos pes enfaixados,chamados em chines"lirios dourados com oito centimetros".significava isto que caminhava "como um tenro rebento de salgueiro numa brisa primaveril"............................

".........graças ao bom coraçao dos guardas como esta mulher.a minha mae obtinha de vez enquando autorizaçao para ir a casa.Os Ting souberam disso e substituiram as guardas bondosas por uma mulher de rosto azedo que a minha mae nao conhecia e que a atormentava por puro prazer.Quando lhe dava na gana .obrigava a minha mae a permanecer de pe no patio,dobrada pela cintura horas seguidas............

...........-"conseguir informaçao tornou-se uma obsecçao.Eu beneficiava do facto de saber ongles,pois embora a biblioteca da universidade tivesse sido saqueada durante a revoluçao cultural.a maior parete dos livros que se tinham perdido eram chines,A vasta coleçao de obras inglesas fora virada de pernas para o ar mas estava intacta...."



este e um livro escrito na primeira pessoa que conta a historia de tres geraçoes de mulheres chinesas,desde o fim do imperio passando pela revoluçao ate aos nossos dias....

domingo, 24 de agosto de 2008

sugestao de leitura.....


metendo a foice em seara alheia,vou tambem eu sugerir um livro para este verao.pois ao passar aquiencontrei este desafio e resolvo copia-lo,espero que nao te importes Ameixa....

aproveitando que muito se fala da China neste momento recomendo "Cisnes Selvagens" de Jung Chang que conta a historia de 3 geraçoes de mulheres chinesas...

uma leitura muito dura e intensa de um realidade muito cruel para as mulheres,recomendo vivamente....

a China,um pais imenso onde as mulheres continuam a ser menos de nada,um pais que consegue realizar os mais bem organizados jogos olimpicos dos ultimos anos mas nao consegue combater as doenças,a fome a miseria,a poluiçao,nao consegue dar iguldade as suas mulheres.......

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

coelho da luciana


de vespera poe-se o coelho num tacho e tempera-se com alho,cebola as meias luas sal,pimenta um pouco de colorau,vinho branco e tinto metade de cada,u, ramo de sal e dorme de um dia para o outro.....

no dia seguinte rega-se com azeite,polvilha-se co, alecrim e vai a estufar devagarinho ate estar macio serve-se com batata-cozida e pao frito...

fica assim parecido com um coelho a caçador sem ser o original,o alecrim da-lhe um gostinho diferente



bom apetite...

terça-feira, 5 de agosto de 2008

sagres.....

para ti risonha,com todo o meu carinho pois e impossivel ouvir esta cançao sem me lembrar de ti...
mil beijos

Vinha de longe o mar...
Vinha de longe, dos confins do medo...
Mas vinha azul e brando, a murmurar
Aos ouvidos da terra um cósmico segredo.



E a terra ouvia, de perfil agudo,
A confidencial revelação
Que iluminava tudo
Que fora bruma na imaginação.



Era o resto do mundo que faltava
(Porque faltava mundo!).
E o agudo perfil mais se aguçava,
E o mar jurava cada vez mais fundo.



Sagres sagrou então a descoberta
Por descobrir:
As duas margens de certeza incerta
Teriam de se unir!



Miguel Torga "Portugal"



Ocorreu um erro neste dispositivo