Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 6 de março de 2009

ser mulher............





Ser Mulher

Jamais permita que algum homem te escravize, você nasceu livre para amar, e não para ser escrava.

Jamais permita que o teu coração sofra em nome do amor, amar é um acto de felicidade, por que sofrer?

Jamais permita que teus olhos derramem lágrimas, por alguém que nunca te fará sorrir!

Jamais permita que teu corpo seja usado, saiba que o teu corpo é a moradia do espírito, por que mantê-lo aprisionado?

Jamais permita ficar horas esperando por alguém, que nunca virá, mesmo tendo prometido!

Jamais permita que o teu nome seja pronunciado em vão por um homem que nem sabe se tem nome!

Jamais permita que o teu tempo seja desperdiçado, por alguém que nunca terá tempo para você!

Jamais permita ouvir gritos em teus ouvidos, o amor é o único que pode falar mais alto!

Jamais permita que paixões desenfreadas tirem você de um mundo real, para outro que nunca existiu!

Jamais permita que os outros sonhos se misturem aos seus, fazendo-os virar um grande pesadelo!

Jamais acredite que alguém possa voltar, quando nunca esteve presente!

Jamais permita emprestar teu útero, para gerar um filho que nunca terá um pai!

Jamais permita viver na dependência de um homem, fazendo crer que você nasceu inválida!

Jamais permita que você fique linda e maravilhosa, para esperar um homem que não tenha olhos para te admirar!

Jamais permita que teus pés caminhem em direção de um homem, que só vive fugindo de você!

Jamais permita que a dor, que a tristeza, que a solidão, que o ódio, que o ressentimento, que o ciúme, que o remorso, e tudo que possa tirar o brilho dos teus olhos, faça enfraquecer a força que existe dentro de você!

Jamais permita que você mesma perca a dignidade de SER MULHER!!!

autor desconhecido..............




Poemas para todas as mulheres





Vinicius de Moraes


No teu branco seio eu choro.
Minhas lágrimas descem pelo teu ventre
E se embebedam do perfume do teu sexo.
Mulher, que máquina és,
que só me tens desesperado
Confuso, criança para te conter!
Oh, não feches os teus braços
sobre a minha tristeza não!
Ah, não abandones
a tua boca à minha inocência, não!
Homem sou belo
Macho sou forte, poeta sou altíssimo
E só a pureza me ama e ela é em mim uma
cidade e tem mil e uma portas.
Ai! teus cabelos recendem à flor da murta
Melhor seria morrer ou ver-te morta
E nunca, nunca poder te tocar!
Mas, fauno, sinto o
vento do mar roçar-me os braços
Anjo, sinto o calor do vento nas espumas
Passarinho, sinto o ninho nos teus pêlos...
Correi, correi, ó lágrimas saudosas
Afogai-me, tirai-me deste tempo
Levai-me para o campo das estrelas
Entregai-me depressa à lua cheia
Dai-me o poder vagaroso do soneto,
dai-me a iluminação das odes,
dai-me o [cântico dos cânticos
Que eu não posso mais, ai!
Que esta mulher me devora!
Que eu quero fugir, quero a minha
mãezinha quero o colo de Nossa Senhora

4 comentários:

SusanaG disse...

Bom Dia da Mulher para ti! Beijinhos.

Xana disse...

JAMAIS!!!!!


deixo uma beijoca e o desejo de uma semana linda para ti e para quem amas

Cal Moreira disse...

Olá, gostei do seu blog! Apareça lá no meu, o Maça do Amor (blig.ig.com.br/primeiramordida0 e depois me diga o que achou.
Um abraço
Cal Moreira

Sónia Alexandra disse...

PASSEI PARA TE DEIXAR UMA BEIJOKA.

Ocorreu um erro neste dispositivo